A Tinta esbate-se em forma de onda

Exposição de Carina Martins

Quando: 
27 de Junho de 2017 a 9 de Julho de 2017
Onde: 

Museu Nacional de História Natural e da Ciência

Natura (physis) vem do grego, é aquilo que brota, aquilo que está a nascer, é o renascimento em ato constante. Aliado a uma curiosidade em explorar os clássicos da pintura japonesa no tema da natureza (paisagens, árvores e plantas) e que habitualmente está ligada às variações sazonais e ao tempo, houve um interesse na relação entre, por um lado, o constante crescimento dos elementos naturais e, por outro, a aparente fixidez das intervenções humanas, que como nos relembra Ruy Belo sofrem o mesmo ciclo de vida e de morte: “Oh as casas as casas as casas / as casas nascem vivem e morrem”. A intenção foi explorar as variações de luz com foco em pormenores da natureza numa constante transformação do espaço, através de sobreposições de imagens emitidas por janelas de uma estufa no Jardim Botânico da Ajuda.

Créditos 'score for a footbridge' (excerto) do álbum 'portable music - three scores' de Jez riley French (2016)

Exposição de Arte e Ciência