Actinómetro

O actinómetro é um instrumento que serve para medir a intensidade da radiação solar

Actinómetro

É constituído por dois termómetros de máxima, fixados num bloco de madeira. O bolbo de um dos termómetros está envolvido num material absorvente de radiação (chamado negro de fumno) e o outro mantém uma superfície brilhante e refletora, de mercúrio. A partir da diferença de temperatura entre os dois termómetros, é possível determinar a intensidade da radiação solar. Neste sentido, a intensidade da radiação é a definição física do conceito de 'brilho' de uma objeto luminoso.

A sua invenção deve-se ao físico francês Hippolyte Marié-Davy (1820-1893). Professor de física e matemática e Doutor em medicina, dedicou-se, ao longo da vida, ao estudo da eletricidade e ótica. Foi no campo da meteorologia que mais se destacou, tendo integrado o Observatório de Paris em 1862. Em 1873, é nomeado Diretor do Observatório de Montsouris.

A medição das radiações solares e, de uma forma geral, da intensidade da luz, é uma questão que, durante séculos, esteve no centro das preocupações científicas. Vital ao quotidiano humano, a imporância da luz é transversal a todas as disciplinas. Entre outras aplicações, a sua medição revolucionou a medicina e possibilitou a abertura da comunicação internacional através da Internet.

Em 2015, celebrou-se o Ano Internacional da Luz, por decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas, em reconhecimento à importância das tecnologias associadas à luz na promoção do desenvolvimento sustentável e na busca de soluções para os desafios globais nos campos da energia, educação, agricultura e saúde.