Mineralogia e Farmacopeia no período dos Descobrimentos

Nov
25
Nov/25 15:00 - Nov/25 16:30
Sala Vandelli - Museu Nacional de História Natural e da Ciência

Palestra proferida pelo Professor Adelino Cardoso

Quando: 
Sábado, 25 Novembro, 2017 -
15:00 a 16:30
Onde: 
Sala Vandelli - Museu Nacional de História Natural e da Ciência
As plantas constituíram, ao longo de milénios, a principal fonte de matéria médica. Os descobrimentos portugueses e espanhóis dos séculos XV e XVI reforçaram o uso da fitoterapia. No entanto, o recurso aos minerais como agentes terapêuticos é igualmente antigo e recebeu um impulso no período dos Descobrimentos, em que a experimentação é um guia importante da acção, nomeadamente ao nível da medicina.
 
Os minerais eram usados para situações clínicas em que a terapia habitual se revelava ineficaz, funcionando em alguns casos como último recurso terapêutico, ou então para afecções determinadas, em virtude das propriedades atribuídas a uma espécie mineral específica. A título de exemplo, a confecção de jacinto era frequentemente usada como cordial, isto é, medicamento para o coração. A aparência exterior, muito especialmente a cor e o brilho eram aspectos que indiciavam as virtudes terapêuticas dos minerais.
 
Adelino Cardoso, investigador integrado no CHAM - Centro de Humanidades da FCSH/NOVA e UAc.
 
Organização:
MUHNAC-ULisboa e Clube Português de Mineralogia (CPMIN)