Histórias Naturais

Da artista Natália Mello

Quando: 
21 de Novembro de 2018 a 13 de Dezembro de 2018
Onde: 

Sala Azul | Museu Nacional de História Natural e da Ciência

As proposições e os enunciados da exposição são fábulas que remetem os acontecimentos da nossa vida humana e da vida política aos fenómenos observados e analisados pelas ciências naturais. Eles também são histórias naturais no sentido de que Esopo, La Fontaine ou Jules Renard relataram as falhas e curiosidades da espécie humana através de personagens animais dos quais nunca estamos distantes.
 
Da temporalidade que nos ilude e inscreve nossos pensamentos e acções em uma história sedimentada por fluxos migratórios, passando do microscópio ao macroscópico, os esquetes apresentados todos contam algo de nossa realidade vivida que se revela tanto melhor que passa o prisma da história natural. Entrelaçado com a memória da metáfora viva e real dos vivos, o museu das ciências naturais apresenta-se assim como revelador de nossos mais actuais tropismos humanos.
 
Biografia
Natalia de Mello (n1966), de nacionalidade portuguesa, vive e trabalha em Bruxelas. Licenciada em desenho na Escola Nacional de Artes Visuais de La Cambre (Bruxelas), formou-se igualmente em gravura, fotografia e vídeo, expõe em galerias e centros de arte contemporânea desde 1991. Representada pela Jozsa Gallery (Bruxelas) / Transcultures (Charleroi) para festivais internacionais e Heure Exquise (Lille) para distribuição dos seus vídeos, trabalhou como artista no setor da saúde mental (2001-2013).
 
Atualmente professora de arte (escola ARTS2 - Mons) desde 2000, a sua prática multidisciplinar (cenografia, performances, instalações, vídeo) levou-a a colaborar com músicos e coreógrafos. Com a encenadora Valérie Cordy, questionou a relação das novas tecnologias domésticas na vida quotidiana formando o coletivo MéTAmorphoZ (2001-2005) que ganhou o Prêmio Multimédia da comunidade françesa da Belgica (2004) e participou em vários festivais (Avignon, Via, Net Days). Está representada em colecções particulares e na colecçao do museu de arte contemporânea MAC’S Grand-Hornu e no museu Royal de Mariemont (Bélgica).

 

Exposição de Arte e Ciência