Informação da coleção de Aranhas-do-mar do MUHNAC na base de dados GBIF

Toda a informação sobre a coleção de Aranhas-do-mar do MUHNAC está agora disponível na Global Biodiversity Information Facility (GBIF).

A partir do dia 3 de Abril de 2019 toda a informação sobre a coleção de aranhas-do-mar (Pycnognida, Pantopoda) do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa (MUHNAC-ULisboa) passou a estar disponível na base de dados Global Biodiversity Information Facility (GBIF).
 
Esta coleção compreende 119 registos, referentes a 12 espécies distribuídas ao longo da costa portuguesa. Os registos disponibilizam informação sobre a espécie, local e data de colheita, coordenadas geográficas, entre outras especificidades. Dado que a informação e amostragem de Pycnogonida em Portugal são ainda muito limitadas, o valor desta coleção aumenta com a publicação destes dados na plataforma.
 
Em 2008, a taxonomia da coleção foi amplamente revista por Tomás Munilla, Professor emérito da Universidade Autónoma de Barcelona e especialista neste grupo taxonómico que estudou a coleção do MUHNAC. Desde então foram efetuadas revisões regulares de forma a manter a informação sistemática atualizada. Para além disso, a coleção tem sido cuidadosamente preservada e os dados associados encontram-se todos informatizados.
 
O levantamento e inserção dos dados foram coordenados por Alexandra Marçal Correia, curadora da coleção de aranhas-do-mar e realizado com a colaboração de Leonor Soares e Daniel Mameri, bolseiros do projeto PORBIOTA no MUHNAC. Este trabalho implicou a digitalização dos dados em formato DarwinCore, a georreferenciação e a revisão frasco a frasco para validação dos dados de todos os exemplares.
 
A publicação deste conjunto de dados no portal do GBIF pretende partilhar as informações contidas na coleção do MUHNAC-ULisboa a fim de promover o seu acesso e uso por especialistas e aumentar assim o nosso conhecimento coletivo sobre as aranhas-do-mar.

Todos estes dados foram agora disponibilizados no GBIF onde estão acessíveis a toda a comunidade científica e público interessado. 

Aceda a todas as informações aqui