Curadora do MUHNAC dá formação sobre equipamentos fotográficos no Funchal

Catarina Mateus dá formação na Conferência Internacional Fotografia e História.

© Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicente's

Catarina Mateus, membro da equipa de Conservação e Restauro e curadora da coleção de fotografia do MUHNAC-ULisboa, é uma das formadoras da oficina “Descrição de Equipamentos Fotográficos”, que decorreu ontem, dia 15 de dezembro, no Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s.

Esta formação - desenvolvida no âmbito do projeto Photo Impulse, e agora ministrada na Conferência Internacional Fotografia e História, a decorrer entre os dias 15 e 17 de dezembro no Funchal - tem como objetivo testar uma ferramenta em desenvolvimento para uma descrição mais correta e fácil dos equipamentos fotográficos produzidos nos séculos XIX e XX.

Esta ferramenta, que está ainda sob forma de protótipo, foca-se na linguagem controlada e adaptada às especificidades desta tipologia de objetos. No futuro serão constituídas equipas de trabalho para desenvolver uma ficha, num trabalho colaborativo de especialistas em várias instituições e museus com este tipo de coleções.

Este trabalho tem sido desenvolvido no âmbito do projeto de investigação Photo Impulse, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia e do qual o MUHNAC-ULisboa é parceiro, e onde foi identificada a necessidade de encontrar respostas para a identificação e caracterização das câmaras fotográficas utilizadas em missões científicas em contexto colonial, entre 1883 e 1975, e que fazem parte das coleções do MUHNAC-ULisboa.

Notícia relacionada: MUNHAC e Photo Impulse descrevem equipamento fotográfico histórico

Mais informação no website do projeto Photo Impulse.