MUHNAC acolhe lançamento do livro sobre o percurso do Museu Nacional de História Natural entre 1972-2012

Decorreu ontem, 06 de julho, o lançamento do livro Entre o Laboratório e o Social- Acção do colectivo “Geo” no Museu Nacional de História Natural (1972-2012), da autoria de César Lino Lopes, antigo funcionário do Museu.

Professor António Galopim de Carvalho, antigo diretor do Museu Nacional de História Natural, Professor Fernando Barriga, antigo membro da Direção do MNHN, César Lino Lopes, antigo funcionário e autor do livro, Liliana Póvoas, Curadora Convidada das Coleções Paleontológicas do MUHNAC-ULisboa, Mário Moutinho, Reitor da Universidade Lusófona e Marta Lourenço, diretora do MUHNAC-ULisboa.

Numa mesma sala, que acolhe atualmente a exposição “Entre Dinossáurios”, juntou-se numa íntima conversa vários intervenientes que fizeram parte da história do Museu Nacional de História Natural (MNHN), um dos Museus que por fusão com o Museu da Ciência, deu origem ao atual MUHNAC-ULisboa.

Com moderação de Marta Lourenço, diretora do MUHNAC-ULisboa, a conversa contou com a participação do Professor António Galopim de Carvalho, antigo diretor do MNHN, do Professor Fernando Barriga, antigo membro da Direção do MNHN, assim como, de Mário Moutinho, Reitor da Universidade Lusófona, Liliana Póvoas, antiga funcionária e Curadora Convidade das Coleções Paleontológicas do MUHNAC-ULisboa e o autor César Lino Lopes.

De acordo com o autor, na obra «questiona-se e reclama-se a participação do museu no desenvolvimento da sociedade e a relevância do seu papel enquanto mediador entre o património a que se refere – a história da Terra e da Vida – e a cidade».

“Entre o Laboratório e o Social- Acção do colectivo “Geo no Museu Nacional de História Natural (1972-2012) ”, da autoria de César Lino Lopes, Departamento de Museologia, da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. (Edições Universitárias Lusófonas. Lisboa, 2022).

Por Lúcia Vinheiras Alves